Caixa tem lucro maior em 2013 e prevê desacelerar alta do crédito

quarta-feira, 26 de março de 2014 14:26 BRT
 

SÃO PAULO, 26 Mar (Reuters) - A Caixa Econômica Federal teve lucro líquido de 1,7 bilhão de reais no quarto trimestre, alta de 9,9 por cento sobre um ano antes, impulsionado pelo aumento de sua carteira de crédito, informou o banco estatal nesta quarta-feira.

Porém, o lucro recorrente de outubro a dezembro, que não considera itens extraordinários, foi de 399 milhões de reais, queda de 4,7 por cento na comparação anual.

No acumulado de 2013, o lucro líquido foi de 6,7 bilhões de reais, avanço de 19,2 por cento contra o lucro ajustado de 2012 para refletir mudança de prática contábil relativa ao tratamento do saldo de poupanças encerradas por irregularidades cadastrais.

A Caixa terminou dezembro com carteira de crédito ampliada de 494,2 bilhões de reais, aumento de 36,8 por cento sobre 2012 e representando um market share de 18,1 por cento. Para 2014, a expectativa é de elevar a carteira entre 22 e 25 por cento.

O presidente da Caixa, Jorge Hereda, disse a jornalistas que o banco pode suportar chegar a uma participação de 20 por cento no crédito no sistema nacional, e afirmou que o banco não pedirá capital novo ao governo federal, seu acionista majoritário, em 2014 para suportar a expansão dos financiamentos.

Mais da metade do crédito em carteira da Caixa é voltado a imóveis, com saldo de 270,4 bilhões de reais no fim do ano. As contratações de novos empréstimos imobiliários em 2013 foi recorde e atingiu 134,9 bilhões de reais, com expansão de 26,4 por cento sobre o ano anterior.

O índice de inadimplência da Caixa de operações vencidas há mais de 90 dias ficou em 2,3 por cento nos três meses finais de 2013, com queda de 0,10 ponto percentual sobre o período imediatamente anterior.

(Por Guillermo Parra-Bernal)