CORREÇÃO-STJ adia julgamento de juros a serem cobrados sobre correção da poupança

quarta-feira, 26 de março de 2014 15:59 BRT
 

(Corrige no primeiro parágrafo que se trata do Superior Tribunal de Justiça, e não Supremo Tribunal de Justiça)

BRASÍLIA, 26 Mar (Reuters) - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou nesta quarta-feira para 23 de abril o julgamento que vai decidir o termo inicial dos juros de mora referentes às diferenças de rendimento nas cadernetas de poupança em função das perdas inflacionárias ocasionadas pelos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

De acordo com o ministro relator do caso, Sidnei Beneti, o julgamento foi adiado pela falta de quórum causada pelo pedido de impedimento dos ministros João Octávio de Noronha e Ricardo Villas Boas Cueva.

(Reportagem de Nestor Rabello)