Aprovação do governo Dilma tem primeira queda desde julho, diz CNI/Ibope

quinta-feira, 27 de março de 2014 10:59 BRT
 

BRASÍLIA, 27 Mar (Reuters) - A aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff caiu 7 pontos percentuais em março, na primeira queda desde julho do ano passado, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira.

O percentual dos que consideram o governo Dilma ótimo ou bom caiu para 36 por cento em março, ante 43 por cento em novembro do ano passado.

A aprovação pessoal de Dilma e a confiança na presidente também registraram a primeira queda desde julho de 2013, após a onda de manifestações que tomou as ruas do país, mostrou a pesquisa encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O percentual dos que avaliam o governo como ruim ou péssimo subiu para 27 por cento, ante 20 por cento em novembro. Os que consideram o governo regular ficou em 36 por cento, ante 35 por cento.

O levantamento apontou ainda que 48 por cento dos entrevistados confiam na presidente, contra 52 por cento na pesquisa anterior.

A aprovação pessoal de Dilma ficou em 51 por cento, ante 56 por cento em novembro, ao passo que os que desaprovam a presidente somam agora 43 por cento, contra 36 por cento.

De acordo com o CNI/Ibope, em todas as áreas do governo pesquisadas houve piora na avaliação positiva.

A CNI não divulgou pesquisa de intenção de voto para a eleição presidencial deste ano, quando Dilma tentará a reeleição, embora o levantamento tenha sido registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Ibope ouviu 2.002 pessoas entre os dias 14 e 17 de março. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

(Por Jeferson Ribeiro, com reportagem de Eduardo Simões)

 
A presidente Dilma Rousseff fala durante uma coletiva de imprensa em Bruxelas. A aprovação do governo de Dilma caiu 7 pontos percentuais em março, na primeira queda desde julho do ano passado, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira. 24/02/2014 REUTERS/Francois Lenoir