Petrobras diz que comissão não encontrou evidência de propina da SBM

segunda-feira, 31 de março de 2014 10:14 BRT
 

SÃO PAULO, 31 Mar (Reuters) - A comissão interna criada pela Petrobras para averiguar denúncias de supostos pagamentos de suborno a empregados da empresa, envolvendo a empresa SBM Offshore, não encontrou evidências de pagamento de propina, disse a estatal nesta segunda-feira em anúncio pago publicado na imprensa.

A comissão "concluiu que, baseada nos trabalhos realizados e restrita a sua competência regulamentar, não encontrou fatos ou documentos que evidenciem pagamento de propina a empregados da Petrobras", disse a companhia na nota.

A auditoria havia sido criada em fevereiro.

A empresa de plataformas SBM é investigada por suposto pagamentos de suborno para obter contratos em países em que mantém negócios.

A Petrobras acrescentou que foram prestados esclarecimentos à Controladoria-Geral da União e ao Ministério Público Federal, que receberão, junto com o Tribunal de Contas da União, o relatório final da comissão interna de apuração.

(Por Gustavo Bonato)