Reguladores suíços e britânicos elevam escrutínio sobre traders de câmbio

segunda-feira, 31 de março de 2014 10:54 BRT
 

ZURIQUE/LONDRES, 31 Mar (Reuters) - Reguladores da Suíça e da Grã-Bretanha elevaram o escrutínio sobre a suposta manipulação de mercados cambiais nesta segunda-feira, conforme reguladores examinam mais de perto se bancos têm controle suficiente sobre o comportamento de seus operadores.

A comissão de competição disse que abriu investigações contra vários bancos suíços britânicos e norte-americanos sobre um potencial conluio para manipular taxas cambiais.

A Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido, enquanto isso, disse que examinará se os bancos reduziram o risco de que traders manipulem as taxas de juros no próximo ano, para verificar se as lições do escândalo acerca da manipulação das taxas referenciais foram aprendidas.

A comissão suíça disse que está investigando o UBS, o Credit Suisse, o Zuercher Kantonalbank (ZKB), o Julius Baer, o JP Morgan, o Citigroup, o Barclays e o Royal Bank of Scotland.

"Existem evidências de que estes bancos conspiraram para manipular taxas cambiais em negociação com moedas estrangeiras", disse a comissão suíça, acrescentando que presume que a maioria das taxas de câmbio foram afetadas.

(Por Caroline Copley e Patrick Graham)