Expansão da indústria da zona do euro desacelera em março, indica PMI

terça-feira, 1 de abril de 2014 07:48 BRT
 

LONDRES, 1 Abr (Reuters) - O crescimento das indústrias da zona do euro desacelerou como esperado no mês passado, mas, com a produção novamente subindo, a recuperação econômica do bloco parece mais enraizada, mostrou nesta terça-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Entretanto, de forma preocupante para as autoridades, o PMI do Markit também destacou que as empresas voltaram a reduzir os preços para impulsionar os negócios.

"A pesquisa desenha o cenário de uma recuperação industrial que é generalizada, com a produção subindo em todos os países pesquisados pelo segundo mês seguido", disse Chris Williamson, economista-chefe do Markit, que realiza a pesquisa.

O PMI final de indústria da zona do euro em março atingiu 53,0, igualando a leitura preliminar mas abaixo dos 53,2 de fevereiro, enquanto o sub-índice de preço da produção caiu abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração pela primeira vez desde agosto.

O índice que mede a produção, que entra no PMI Composto a ser divulgado na quinta-feira e é considerado um bom indicador da saúde econômica, avançou para 55,6 ante 55,3 em fevereiro.

A França mostrou mais sinais de recuperação e o crescimento da Alemanha continuou forte. O PMI da Itália subiu para máxima de dois meses e o da Espanha atingiu pico de 47 meses.

(Reportagem de Jonathan Cable)