Santander diz que unidade nos EUA tem níveis de capital suficientes

terça-feira, 1 de abril de 2014 08:00 BRT
 

MADRI, 1 Abr (Reuters) - A unidade norte-americana do banco espanhol Santander não precisa de capital adicional após os testes de estresse feitos pelo Federal Reserve, o banco central dos EUA, afirmou o presidente-executivo Javier Marín nesta terça-feira.

Marín disse que seu braço nos EUA, o Sovereign, teria que ajustar e melhorar algumas partes do seu plano de capital para reenviá-lo para o Federal Reserve, mas as mudanças seriam mais qualitativas do que quantitativas.

O banco central norte-americano afirmou na semana passada que o plano do Santander para lidar com uma situação financeira de estresse ​​tinha "deficiências generalizadas e significativas" em seus processos de planejamento de capital. As deficiências incluíam problemas específicos de governança, controles internos, gestão de riscos e suas suposições e análises que davam apoio ao planejamento de capital.

(Por Jesus Aguado)