GE faz recall de "aquecedores" de bebês na China por questões de segurança

terça-feira, 1 de abril de 2014 10:10 BRT
 

XANGAI, 1 Abr (Reuters) - Uma unidade da área de saúde da General Electric fez um recall na China de centenas de "aquecedores" para bebês, similares a incubadoras, devido a questões de segurança num momento em que Pequim endurece a supervisão sobre o setor de dispositivos médicos do país, que cresce rapidamente.

A GE Healthcare fez o recall de 223 aquecedores produzidos nos Estados Unidos após descobrir um potencial problema de segurança que poderia restringir o suprimento de oxigênio da criança, disse a Administração de Alimentos e Medicamentos da China em um comunicado nesta terça-feira.

Os aquecedores que lembram berços são usados em hospitais para regular a temperatura corporal de bebês incapazes de se manter quentes devido à falta de gordura corporal. Os aparelhos também regulam o fluxo de ar e monitoram sinais vitais.

O anúncio do recall coincide com mensagens duras esta semana do Gabinete da China de que o governo vai elevar a supervisão e as multas no setor de dispositivos médicos para lidar com questões de segurança.

A fiscalização pode intensificar o desafio para fabricantes internacionais de dispositivos médicos como a GE Healthcare e as rivais Siemens e Medtronic, à medida que buscam explorar o setor. A estimativa é que o mercado chinês dobre de tamanho, para mais de 50 bilhões de dólares até 2020, segundo a empresa de pesquisa Global Data.

(Por Adam Jourdan)