Expansão da atividade industrial dos EUA desacelera em março, mostra PMI

terça-feira, 1 de abril de 2014 11:08 BRT
 

NOVA YORK, 1 Abr (Reuters) - A atividade industrial dos Estados Unidos desacelerou em março, após se aproximar da máxima em quatro anos em fevereiro, mas a taxa de crescimento e o ritmo de contratações permaneceu forte, mostrou nesta terça-feira o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

A empresa de dados financeiros Markit informou que seu PMI final para a indústria dos EUA caiu para 55,5, ante 57,1, em fevereiro, inalterado na comparação com a preliminar. Leituras acima de 50 indicam expansão.

O resultado de março ficou bem à frente dos 53,7 em janeiro, indicação de que o impacto do inverno rigoroso sobre a atividade industrial está começando a diminuir.

"A pesquisa indica que o crescimento da produção industrial acelerou de novo após os problemas relacionados ao clima vistos no início do ano, dando às autoridades um cenário encorajador de um setor de produção de bens saudável", disse o economista-chefe do Markit, Chris Williamson.

Para mais informações, veja a matéria em inglês:

(Reportagem de Ryan Vlastelica)