S&P 500 fecha na máxima histórica após dados industriais dos EUA

terça-feira, 1 de abril de 2014 18:09 BRT
 

NOVA YORK, 1 Abr (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em alta pela terceira sessão consecutiva nesta terça-feira, com o índice Standard & Poor's 500 encerrando na máxima histórica, após dados positivos sobre a indústria norte-americana indicarem que o crescimento econômico está ganhando fôlego depois do inverno rigoroso.

O indicador Dow Jones avançou 0,46 por cento, para 16.532 pontos. O S&P 500 teve valorização de 0,70 por cento, para 1.885 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 1,64 por cento, para 4.268 pontos.

Os ganhos foram generalizados. Ações de empresas ligadas ao desempenho da economia dos EUA lideraram o movimento. O índice de ações de companhias ligadas ao setor de consumo subiu 1,4 por cento.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou que seu índice da atividade industrial nacional subiu para 53,7 em março, o segundo mês seguido de aceleração, ante 53,2 em fevereiro, mas abaixo da mediana de pesquisa da Reuters de 54,0.

O relatório é o mais recente de uma série de dados que indicam que a economia dos EUA está ganhando tração, reforçando a tese de que os resultados mais fracos do início do ano devem-se a fatores climáticos, e não ao enfraquecimento dos fundamentos.

"Há um sopro de primavera nos dados econômicos, o que significa que estamos começando o segundo trimestre com sinais de que a economia está mantendo um crescimento razoável e que vai dar apoio ao mercado", afirmou o estrategista-chefe de investimento da Northern Trust Global Investments, Jim McDonald.