Mantega: governo quer adiar leis que ameacem meta fiscal

quarta-feira, 2 de abril de 2014 10:56 BRT
 

2 Abr (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira em entrevista à NBR que o governo federal está propondo o adiamento da votação no Congresso da mudança nos parâmetros de cobrança de juros da dívida de Estados e municípios com a União.

Segundo Mantega, o governo quer deixar "em suspenso" o projeto de lei que deixa dúvidas quando ao desdobramento do endividamento de Estados e municípios, diante de interpretações de que agentes econômicos de que isso poderia comprometer a meta fiscal.

O ministro reafirmou que a meta de superávit primário de 1,9 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2014 será cumprida.