Fisher, do Fed, critica políticos dos EUA por desaceleração da economia

sexta-feira, 4 de abril de 2014 07:54 BRT
 

Por Michael Flaherty

HONG KONG, 4 Abr (Reuters) - Impasses políticos estão desacelerando o crescimento econômico dos Estados Unidos, impactando a confiança e orçamentos das empresas em todo o país, afirmou nesta sexta-feira o presidente do Federal Reserve de Dallas, Richard Fisher.

Fisher criticou políticos norte-americanos e sua incapacidade de cooperar, e os acusou de impedir o crescimento do emprego.

"Alguém tem que fornecer o incentivo para pisar no acelerador e fazer a economia avançar. E no momento eles estão pisando nos freios", disse ele em uma sessão de perguntas e respostas após discurso na Sociedade Asiática.

"São democratas e republicanos e a Câmara e o Senado e um presidente que simplesmente não trabalham juntos. Até que tenhamos isso, não teremos a confiança que precisamos para avançar."

Fisher, que é membro votante do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Fed, acrescentou que se os EUA tivessem a política fiscal correta, o país teria uma "economia avançando de forma inacreditavelmente rápida".

Sobre a questão das projeções do banco central dos EUA para o mercado, Fisher disse que o Fed tem que evitar ficar preso em compromissos de política baseados no calendário e em vez disso garantir que sua orientação futura seja flexível o suficiente para permitir que responda à mudança de condições.