EUA mantêm ritmo sólido de crescimento no emprego em março após inverno forte

sexta-feira, 4 de abril de 2014 14:40 BRT
 

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON, 4 Abr (Reuters) - Os empregadores nos Estados Unidos mantiveram o ritmo sólido de contratações pelo segundo mês consecutivo em março, outra evidência de que a economia está acelerando o passo após ser contida por um inverno brutalmente frio.

Foram criados 192 mil empregos fora do setor agrícola no mês passado, após subirem em 197 mil em fevereiro, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. A taxa de desemprego ficou inalterada em 6,7 por cento, um pouco acima da mínima de cinco anos de janeiro, uma vez que norte-americanos inundaram o mercado de trabalho.

"Esse é um bom número, um daqueles números dourados que são decentes mas não tão bons que provoque temores sobre taxas de juros ou a economia crescer rápido demais", disse o presidente da Chase Investiment Counsel, Peter Tuz.

A taxa de participação da força de trabalho, ou a proporção de norte-americanos em idade para trabalhar que têm ou buscam um emprego, subiu para máxima de seis meses de 63,2 por cento, ante 63 por cento em fevereiro.

A fatia de norte-americanos em idade de trabalho com emprego, medida ampla da saúde do mercado, aumentou para 58,9 por cento no mês passado, nível mais alto desde o verão de 2009.

Em mais um sinal favorável para a economia, a semana média de trabalho subiu para 34,5 horas, ante 34,2 horas em fevereiro, outro sinal positivo. A contagem de folha de pagamentos para janeiro e fevereiro foi revisada para mostrar que 37 mil empregos a mais foram criados nestes meses do que relatado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que 200 mil novas vagas fossem criadas em março e que a taxa de desemprego recuasse 0,1 ponto percentual.

"São bons. Estão se preocupando com uma diferença muito pequena. Parece que a festa continua", disse o presidente da View Capital Management, Rick Meckler.   Continuação...

 
Um carpinteiro trabalha em uma nova moradia em Las Vegas. Os empregadores nos Estados Unidos mantiveram o ritmo sólido de contratações pelo segundo mês consecutivo em março, outra evidência de que a economia está acelerando o passo após ser contida por um inverno brutalmente frio. 05/04/2013 REUTER/Steve Marcus