Airbus mantém rédea curta em design de cabine do A350

segunda-feira, 7 de abril de 2014 11:35 BRT
 

HAMBURGO, 7 Abr (Reuters) - A fabricante europeia de aviões Airbus revelou nesta segunda-feira a primeira cabine de seu novo avião bimotor de tamanho médio, o A350 XWB, prometendo evitar uma repetição dos atrasos causados por alterações no design da cabine de seu super jumbo A380.

A Airbus entregou o primeiro A380 dois anos depois do previsto, devido a atrasos causados por um salto na demanda por interiores personalizados e problemas na instalação de fiações elétricas.

Executivos disseram nesta segunda-feira que o primeiro A350, o rival da Airbus para o 787 Dreamliner da Boeing, ainda está dentro do cronograma para ser entregue à cliente de lançamento Qatar Airways no final deste ano.

Embora esteja oferecendo opções de personalização, como a escolha de assentos e luzes LED, a Airbus espera que seu novo centro de personalização em Hamburgo e um catálogo de opções específicas reduzirão os potenciais atrasos.

Os fornecedores também são certificados antes de serem inclusos no catálogo, outra medida para prevenir atrasos.

"Não queremos uma repetição do problema em que aeronaves não podiam ser entregues porque estávamos esperando elementos de cabine", disse Chris Emerson, vice-presidente sênior de marketing.

A Airbus ganhou pedidos para 812 aeronaves A350 XWB, que podem acomodar entre 276 e 369 passageiros, até o final de março.

(Por Victoria Bryan e Cyril Altmeyer)