Rolls-Royce terá fábrica para setor de petróleo no Rio

segunda-feira, 7 de abril de 2014 17:13 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Mirando o crescimento do mercado de óleo e gás no Brasil e o cumprimento de regras de conteúdo local para o setor, a britânica Rolls-Royce anunciou nessa segunda-feira investimento de 80 milhões de reais em uma fábrica de montagem e teste de grandes motores e outros equipamentos no Rio de Janeiro.

A fábrica deve começar a operar entre o final deste ano e o início de 2015. A unidade será dedicada a grandes propulsores e equipamentos que serão usados em plataformas semissubmersíveis, navios sonda, plataformas flutuantes e outras embarcações marítimas.

A fábrica em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, vai ajudar a Rolls-Royce no cumprimento de regras de conteúdo local previstas em licitação da Petrobras para a contratação de sondas de perfuração.

A britânica tem contratos para 7 das 28 sondas licitadas pela estatal e o primeiro conjunto de propulsores modelo UUC 405 terá início em junho de 2015.

"No mundo inteiro há menos de 100 navios sonda (...) O Brasil encomendou 28 sondas recentemente e isso é muito em relação ao contingente mundial de sondas para enfrentar esse desafio do pré-sal", disse o presidente da Rolls-Royce para América Latina, Francisco Itzaina, a jornalistas.

A unidade no Rio de Janeiro vai também atender as atividades e encomendas de embarcações de apoio. A Petrobras tem um programa de contratação de mais de 140 embarcações de apoio para suas atividades marítimas.

A Rolls-Royce já atendeu cerca de 40 encomendas e tem mais 14 projetos em execução, disseram executivos da companhia.

Em março, a companhia inaugurou um centro de treinamento marítimo em Niterói (RJ) com investimento de 8,4 milhões de reais.

(Por Rodrigo Viga Gaier)