Documento final do G20 não deve abordar crise na Ucrânia, dizem fontes

terça-feira, 8 de abril de 2014 07:41 BRT
 

MOSCOU/BRUXELAS, 8 Abr (Reuters) - Os líderes financeiros mundiais devem discutir os possíveis riscos à economia europeia devido à crise na Ucrânia, mas não há planos de mencionar o tema no documento final da reunião em Washington, disseram duas fontes do G20.

Ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais do G20 de economias desenvolvidas e emergentes discutirão a Ucrânia no encontro de dois dias nesta semana da mesma forma que trataram de crises passadas, disse uma fonte russa do G20.

"Não há menção da situação na Ucrânia (prevista para o comunicado do G20", disse a fonte,

O comunicado do G20, por outro lado, vai tratar dos problemas nos mercados emergentes e, possivelmente, de medidas para compensar o impacto da redução da política de estímulo do Federal Reserve, banco central norte-americano, e das políticas "controversas" de alguns países individualmente, disse a fonte.

(Por Lidia Kelly e Jan Strupczewski)