Minério de ferro atinge máxima de 6 semanas na China

terça-feira, 8 de abril de 2014 11:42 BRT
 

CINGAPURA, 8 Abr (Reuters) - O preço do minério de ferro no mercado físico chinês atingiu a máxima de seis semanas nesta terça-feira, enquanto os contratos futuros do aço na bolsa de Xangai subiram às máximas de um mês depois de um feriado no país e em meio ao otimismo de que a demanda por aço vai continuar firme depois de uma queda nos estoques no começo de março.

O estoque de produtos de aço mantido por comerciantes na China, maior consumidor do produto, caiu em cerca de 2 milhões de toneladas nas últimas cinco semanas, para 18,67 milhões de toneladas no início de abril, refletindo uma demanda firme.

O consumo pode se fortalecer ainda mais ao longo de maio, quando a demanda por aço geralmente aumenta acompanhando a aceleração das atividades de construção civil.

O contrato mais negociado de vergalhão na bolsa de Xangai fechou a terça-feira com alta de 1,9 por cento.

"Participantes do mercado estão antecipando que o consumo irá subir ainda mais em abril e maio, e o governo também está tentando estimular a economia no curto prazo", disse Zhou Ting, analista da Jinrui Futures, em Shenzhen.

O governo chinês acelerou os gastos com ferrovias e outros projetos em regiões mais pobres do país e também cortou impostos para pequenos negócios em uma tentativa de acelerar a economia.

O minério de ferro com entrega imediata na China subiu 0,85 por cento para 118,20 dólares por tonelada nesta terça-feira, maior patamar desde 25 de fevereiro, segundo dados compilados pela Steel Index.

As cotações já se recuperaram cerca de 13 por cento desde a mínima de um ano e meio registrada no início de março, de 104,7 dólares por tonelada.

Vinte e oito navios foram afretados na semana passada para transportar minério de ferro com entrega imediata para compradores chineses, o maior volume desde a semana encerrada em 21 de fevereiro, afirmou Jeffrey Landsberg, diretor da consultoria Commodore Research & Consultancy.   Continuação...