Ações europeias caem e periferia tem desempenho mais fraco

terça-feira, 8 de abril de 2014 14:15 BRT
 

Por Tricia Wright

LONDRES, 8 Abr (Reuters) - As ações europeias fecharam em queda pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, com investidores vendendo algumas ações e índices regionais que têm registrado melhor performance neste ano por temores de que a próxima temporada de balanços mostre-se fraca.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, fechou em queda de 0,2 por cento, a 1.333 pontos.

O índice registrou sua pior queda percentual diária em um mês na segunda-feira, uma vez que investidores realizaram lucros sobre um rali de nove dias, temendo que o mercado tenha se adiantado demais e que os resultados do primeiro trimestre exponham fraquezas fundamentais.

Os mercados na periferia da zona do euro lideraram as perdas, com o índice italiano Ftse/Mib encerrando a sessão em queda de 1,5 por cento, com um volume alto de negociação. O índice de Milão tem tido um desempenho muito mais forte que os índices amplos da Europa desde o início do ano.

Entre as ações individuais, a Associated British Foods caiu 3,9 por cento, estando entre as maiores perdas do índice FTSEurofist 300.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,49 por cento, a 6.590 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,21 por cento, para 9.490 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 registrou baixa de 0,25 por cento, a 4.424 pontos.   Continuação...