Aumento da demanda global de aço será menor em 2014 ante 2013, diz Worldsteel

quarta-feira, 9 de abril de 2014 10:11 BRT
 

LONDRES, 9 Abr (Reuters) - O consumo mundial de aço este ano deve crescer a um ritmo mais lento do que em 2013 devido à desaceleração do crescimento da China e uma vez que as economias emergentes continuam a enfrentar problemas estruturais, disse a Associação Mundial do Aço (Worldsteel) nesta quarta-feira.

O consumo aparente global de aço deve crescer em 3,1 por cento este ano para 1,527 bilhão de toneladas, ante um crescimento de 3,6 por cento no ano passado, informou a associação.

"Esperamos agora que a demanda por aço na zona do euro passará para um crescimento positivo em 2014. Por outro lado, muitas economias emergentes continuam a enfrentar dificuldades. Isso em conjunto à desaceleração chinesa é o motivo para nossa estimativa ligeiramente mais fraca para o crescimento global", disse o diretor-geral da associação, Edwin Basson, em uma coletiva em Londres.

A previsão desta quarta-feira para 2014 é um pouco maior que a estimativa anterior, de outubro, quando o grupo setorial havia projetado o uso de aço para 1,523 bilhão de toneladas.

A expectativa para 2015 é que o uso de aço se expanda em mais 3,3 por cento para 1,576 bilhão de toneladas, disse o grupo.

A associação espera que o consumo chinês de aço cresça 3 por cento este ano, para 721,2 milhões de toneladas, e 2,7 por cento em 2015 para 741 milhões de toneladas.

(Por Maytaal Angel)