TAM e Gol cancelam voos para Argentina por greve geral no país

quinta-feira, 10 de abril de 2014 15:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa aérea TAM, do grupo Latam Airlines, e a Gol tiveram que cancelar voos com destino à Argentina nesta quinta-feira, devido à greve geral no país vizinho e ao fechamento do aeroporto Jorge Newbery (Aeroparque), em Buenos Aires.

Segundo a TAM, foram cancelados cinco voos, sendo dois que sairiam do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para o Aeroparque, na capital argentina, e três outros voos que fariam o caminho de volta.

Os voos da empresa que chegam e saem do aeroporto de Ezeiza, também em Buenos Aires, não foram afetados, assim como os da cidade de Rosário, informou a TAM.

A Gol, que também realiza partidas diárias para a Argentina, informou que seis voos com destino e ponto de partida do Aeroparque foram afetados, mas que voos para Córdoba, Rosário e para o aeroporto de Ezeiza não foram afetados pela greve.

A Gol afirmou em nota que "não está medindo esforços para minimizar os impactos a seus clientes", enquanto a TAM lamentou os transtornos e afirmou que "prestará toda a assistência necessária aos clientes".

As ações da Gol exibiam queda de 1,9 por cento às 15h17, enquanto o Ibovespa tinha desvalorização de 0,2 por cento.

(Por Roberta Vilas Boas)

 
Aeronaves da Tam e da Gol estacionadas no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A empresa aérea TAM, do grupo Latam Airlines, e a Gol tiveram que cancelar voos com destino à Argentina nesta quinta-feira, devido à greve geral no país vizinho e ao fechamento do aeroporto Jorge Newbery (Aeroparque), em Buenos Aires. 17/01/2014 REUTERS/Nacho Doce