BCE diz que fortalecimento do euro levaria a afrouxo monetário

sábado, 12 de abril de 2014 15:04 BRT
 

WASHINGTON, 12 Abr (Reuters) - Um maior fortalecimento do euro iria requerer um maior afrouxo monetário do Banco Central Europeu (BCE) para manter a política econômica tão acomodativa como está agora, disse o presidente do BCE, Mario Dragui, neste sábado.

Draghi disse que a apreciação do euro no último ano foi um fator importante na redução da inflação da zona do euro para seus níveis atuais, respondendo por de 0,4 a 0,5 ponto de declínio na taxa anual, que fechou em 0,5 por cento em março na comparação anual.

"Sempre disse que a taxa de câmbio não é um alvo da política (monetária), mas é importante para a estabilidade de preços e para o crescimento. E agora, o que aconteceu nos últimos meses é que se tornou mais e mais importante para a estabilidade de preços", disse Dradhi em coletiva de imprensa.

"Então, o fortalecimento da taxa de câmbio iria requerer uma maior acomodação da política monetária. Se você quer que a política permaneça acomodativa como está agora, um fortalecimento maior da taxa de câmbio iria requerer estímulos adicionais", disse.

(Por Jan Strupczewski e Krista Hughes)