Cenário para o comércio mundial em 2014 melhora, diz OMC

segunda-feira, 14 de abril de 2014 08:58 BRT
 

GENEBRA, 14 Abr (Reuters) - A Organização Mundial do Comércio revisou nesta segunda-feira sua estimativa para o crescimento do comércio global de bens em 2014 ligeiramente para cima, a 4,7 por cento, mas afirmou não esperar que a expansão retorne à tendência histórica de 5,3 por cento até 2015.

"Se as estimativas de PIB se confirmarem, esperamos uma melhora generalizada, mas modesta, no volume do comércio mundial em 2014 e maior consolidação desse crescimento em 2015", disse o diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, em entrevista à imprensa em Genebra.

Embora a estimativa para 2014 represente um cenário melhor do que a expansão de 4,5 por cento que a OMC esperava quando fez sua projeção anterior em setembro, ela ainda é mais negativa que suas previsões um ano atrás, pois a recuperação econômica da União Europeia demorou mais que o esperado para se concretizar.

"A demanda da UE tem pesado sobre as importações mundiais nos últimos anos, mas está começando a mudar de direção", disse o economista da OMC, Coleman Nee.

"Estaremos observando atentamente para ver se a recuperação na UE decepciona", acrescentou Azevêdo.

O executivo disse que não está claro se o comércio parou permanentemente de crescer ao dobro da velocidade do PIB, que era a tendência até a crise econômica mundial.

Ele disse que 80 por cento das políticas protecionistas impostas desde 2008 ainda estão ativas mas que espera que elas sejam removidas à medida que o crescimento econômico melhore.

"Não está no nível -- nem mesmo perto do nível -- que tínhamos após a crise de 1929. Mas é mensurável e lamentável".

A OMC não faz projeções futuras sobre o comércio em serviços, mas disse que o valor em dólares da exportação global de serviços cresceu 6 por cento para 4,6 trilhões de dólares em 2013, ante um crescimento de 2 por cento em 2012.

(Reportagem de Tom Miles)