Tractebel construirá complexo eólico no CE com investimento de R$460 mi

segunda-feira, 14 de abril de 2014 10:37 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Tractebel autorizou, em reunião realizada na sexta-feira, a construção do Complexo Eólico Santa Mônica, com investimentos estimados em 460 milhões de reais, informou a empresa em comunicado.

O complexo, localizado na cidade cearense de Trairi, terá capacidade instalada de 97,2 megawatts (MW), sendo que a entrada em operação da totalidade do projeto está prevista para 2016.

Santa Mônica está localizado próximo ao Complexo Eólico Trairi, de 115,4 MW e já em operação comercial, e terá sinergia com estruturas existentes, como subestação e linha de transmissão.

A produção de Santa Mônica será totalmente direcionada para contratação no Ambiente de Contratação Livre (ACL), informou a Tractebel.

Também nesta segunda-feira, a Tractebel afirmou que vai comprar a CLWP Brasil III Participações, que possui dez empreendimentos de geração de energia eólica nos municípios de Umburanas e Sento Sé (BA). O conjunto tem potencial de desenvolvimento de 300 MW e está a cerca de 420 quilômetros de Salvador. O valor da aquisição é de 35,1 milhões de reais.

Além dos 10 projetos da CLWP, a Tractebel confirmou aquisição de outros 12 projetos da empresa, buscando "materializar o desenvolvimento de até 656 MW de projetos de energia renovável não convencional no Estado da Bahia".

A Tractebel "também poderá exercer opção no futuro para desenvolvimento de projeto solar na área dos projetos eólicos", acrescentou a companhia.

(Por Roberta Vilas Boas)

 
Vista geral de um complexo eólico na cidade de Osório, no Rio Grande do Sul. O Conselho de Administração da Tractebel autorizou, em reunião realizada na sexta-feira, a construção do Complexo Eólico Santa Mônica, com investimentos estimados em 460 milhões de reais, informou a empresa em comunicado. 30/11/2007. REUTERS/Jamil Bittar