Demanda do consumidor por crédito cai 3,2% no 1º tri, diz Serasa

segunda-feira, 14 de abril de 2014 09:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda dos consumidores por crédito caiu 3,2 por cento no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, influenciada por altas da inflação e de juros e pelo menor grau de confiança na economia, informou a Serasa Experian nesta segunda-feira.

Em março apenas, a demanda por crédito recuou 7,5 por cento sobre um ano antes e na comparação com fevereiro houve alta de 1,9 por cento.

Segundo o detalhamento da Serasa por faixas de renda, a maior queda na procura por crédito no trimestre passado, de 25,1 por cento, ocorreu na faixa de renda mais baixa, de consumidores com rendimento de até 500 reais mensais.

Na faixa de renda de 500 a 1.000 reais por mês, a queda foi de 7,8 por cento, enquanto nas faixas de 1.000 a 2 mil e de 2 mil a 5 mil reais houve recuo de 1,3 e 7,7 por cento, respectivamente.

Entre quem ganha 5 mil a 10 mil reais por mês, a queda foi de 13 por cento no primeiro trimestre, e na faixa de renda mais alta, acima de 10 mil reais, a procura recuou 13,7 por cento, segundo a Serasa.

Por regiões, a queda da procura por crédito no primeiro trimestre foi mais expressiva no Centro-Oeste, 7,8 por cento. No Sudeste houve recuo de 4,1 por cento, seguido por quedas de 2,7 por cento no Norte, 1,4 por cento no Sul e de 0,3 por cento no Nordeste.

(Por Renan Fagalde)