Dólar fecha em queda com ajuste, mas segue acima de R$2,20

segunda-feira, 14 de abril de 2014 17:11 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 14 Abr (Reuters) - O dólar fechou em queda nesta segunda-feira, corrigindo parte da alta das duas últimas sessões, mas ainda se sustentando acima do nível de 2,20 reais mesmo sob o peso da constante atuação do Banco Central no câmbio.

A moeda norte-americana perdeu 0,30 por cento, a 2,2147 reais na venda, depois de acumular ganhos de pouco mais de 1 por cento nos dois pregões anteriores. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou baixo, em torno de 1,4 bilhão de dólares.

"O mercado de hoje é um mercado sem novidades, ajustando-se depois da semana passada, um pouco acomodado", resumiu o superintendente de câmbio da corretora Advanced, Reginaldo Siaca.

Na semana anterior, o dólar rompeu o suporte de 2,20 reais pela primeira vez desde outubro passado no fechamento, mas voltou acima desse nível na quinta-feira. Segundo especialistas, o quadro de expectativas de ingressos de recursos no país e a constante atuação do BC no câmbio podem levar a divisa dos Estados Unidos a voltar a testar níveis mais baixos em breve.

Dólar em queda ajuda na inflação neste momento, que continua pressionada, apesar de ter potencial para afetar negativamente as exportações brasileiras.

Nesta sessão, o BC deu continuidade às intervenções diárias vendendo a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares. Todos os contratos vendidos vencem em 1º de dezembro deste ano e equivalem a 198,6 milhões de dólares. A autoridade monetária ofertou também swaps para 2 de março de 2015, mas não vendeu nenhum.

Além disso, também vendeu a oferta total de até 10 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 2 de maio. No total, a autoridade monetária já rolou cerca de 40 por cento do lote total, que equivale a 8,733 bilhões de dólares.

"Ao que tudo indica, o BC deve rolar todo o lote de swaps e isso dá um pouco mais de combustível para que o mercado teste pisos mais baixos", disse o operador da Intercam Glauber Romano.

No mês passado, o BC deixou de rolar parte do lote de swaps que venceram em abril. Foi a segunda rolagem parcial desde que teve início o programa de intervenções diárias, em agosto passado.