Vendas da Coca-Cola batem estimativas com crescimento de volume na China

terça-feira, 15 de abril de 2014 12:14 BRT
 

15 Abr (Reuters) - A Coca-Cola Co divulgou uma receita trimestral melhor que a esperada, com fortes vendas na China mais do que compensando a queda na Europa e a estabilidade nos volumes na América do Norte.

As ações da Coca-Cola, que tinham caído 3,4 por cento nos 12 meses até a véspera, subiam 3,35 por cento às 12h08 (horário de Brasília).

Os volumes globais subiram 2 por cento no trimestre, enquanto os volumes na China subiram 12 por cento devido ao aumento do marketing em torno do Ano Novo Chinês, disse a empresa nesta terça-feira.

A Coca-Cola não divulga as vendas da China separadamente. O negócio está dentro da região Ásia-Pacífico, o segundo maior mercado para empresa em termos de receitas. Em 2013, a região foi responsável por 13 por cento das vendas globais.

As vendas na América do Norte, maior mercado da empresa, mantiveram-se estáveis, apesar de um inverno excepcionalmente frio.

As vendas caíram 4 por cento na Europa, mas subiram 6 por cento na Índia e Rússia.

"Estamos começando a recuperar nosso ímpeto ...", disse o presidente-executivo Muhtar Kent à CNBC.

Kent vem tentando aumentar os lucros com corte de custos, desenvolvimento de marcas de outras bebidas que não refrigerantes e entrada em novos negócios.

O lucro líquido da empresa atribuível aos acionistas caiu para 1,62 bilhão de dólares, ou 0,36 dólar por ação, no primeiro trimestre encerrado em 28 de março, ante 1,75 bilhão de dólares, ou 0,39 dólar por ação, um ano antes.   Continuação...