Líbia realiza primeira exportação de petróleo após acordo com rebeldes

terça-feira, 15 de abril de 2014 13:30 BRT
 

LONDRES, 15 Abr (Reuters) - Um navio petroleiro deverá carregar 1 milhão de barris de petróleo nesta terça-feira no porto de Hariga, reaberto recentemente na Líbia, na primeira exportação desde que um acordo encerrou meses de bloqueios impostos por rebeldes nos terminais do país, disse a estatal petroleira National Oil Corp (NOC).

As interrupções elevaram as preocupações sobre abastecimento no mercado global e ajudaram a sustentar os preços do petróleo Brent, que recuava nesta terça-feira em função dos acontecimentos na Líbia.

O petroleiro Aegean Dignity deverá carregar petróleo com destino à Itália, disse a NOC em seu website.

Dados de monitoramento de navios ao vivo da Reuters mostravam deslocando-se próximo à costa da Líbia na manhã desta terça-feira.

A NOC revogou na semana passada um decreto de força maior no porto de Hariga, no extremo leste do país, depois de um acordo entre o governo líbio e rebeldes federalistas que bloquearam importantes terminais do país por oito meses, privando o Estado de importantes receitas.

A capacidade de exportação da Líbia antes de 2011 era de cerca de 1,3 milhão de barris por dia (bpd), mas os bloqueios interromperam cerca de 700 mil bpd deste fluxo.

(Por Lin Noueihed)

 
Vista geral do porto de Hariga, na Líbia. Um navio petroleiro deverá carregar 1 milhão de barris de petróleo nesta terça-feira no porto de Hariga, reaberto recentemente na Líbia, na primeira exportação desde que um acordo encerrou meses de bloqueios impostos por rebeldes nos terminais do país, disse a estatal petroleira National Oil Corp (NOC). 27/02/2014 REUTERS/Stringer