IPOs na China podem ser retomados antes do esperado, dizem fontes

quarta-feira, 16 de abril de 2014 13:28 BRT
 

XANGAI, 16 Abr (Reuters) - O regulador de valores mobiliários da China ordenou que subscritores atualizem os materiais de requerimento para empresas que aguardam listagem, disseram fontes à Reuters nesta quarta-feira.

A medida aumenta as esperanças de que uma parada de oito semanas nas ofertas públicas iniciais de ação (IPO, na sigla em inglês) nas bolsas da China continental possa acabar logo.

O jornal oficial Shanghai Securities News divulgou nesta quarta-feira que a Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China disse a subscritores que completem seus envios de materiais de divulgação revisados a partir do final desta semana. Quatro fontes de bancos de investimentos confirmaram à Reuters que receberam instruções do órgão para atualizar suas divulgações com os mais recentes balanços contábeis de 2013.

O regulador disse à requerentes de IPO em janeiro que precisavam atualizar seus materiais de requerimento para refletir os mais recentes resultados e posições financeiras. Uma vez que as empresas enviem suas atualizações, o órgão pode retomar a aprovação para listagem para as cerca de 700 companhias aguardando para listagem, disse o jornal.

O presidente do regulador, Xiao Gang, disse na semana passada que os IPOs não foram interrompidos, mas sim apenas pausados para permitir que companhia atualizem suas divulgações.

(Por David Lin and Gabriel Wildau)

 
Investidores olham informações exibidas em um painel eletrônico em uma corretora, em Xangai. O regulador de valores mobiliários da China ordenou que subscritores atualizem os materiais de requerimento para empresas que aguardam listagem, disseram fontes à Reuters nesta quarta-feira. 14/04/2014 REUTERS/Aly Song