Governo define garantias físicas de 11 térmicas para leilão A-0

quinta-feira, 17 de abril de 2014 09:38 BRT
 

SÃO PAULO, 17 Abr (Reuters) - O governo brasileiro definiu os volumes de garantia física de energia de 11 usinas termelétricas para o leilão A-0, que será feito no fim deste mês para compra de energia elétrica de empreendimentos existentes, segundo portaria publicada no Diário Oficial desta quinta-feira.

Para os empreendimentos que comercializarem energia no leilão, os volumes de garantia física e de disponibilidade mensal de energia terão validade a partir das suas respectivas datas de entrada em operação comercial e permanecerão válidos durante a vigência dos Contratos de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR).

Já para aqueles que comercializarem energia no certame e que entraram em operação comercial antes da licitação, as garantias físicas e disponibilidades mensais serão válidas a partir da data de início de suprimento de energia elétrica, informou a portaria.

O governo definiu as garantias físicas de 10 usinas termelétricas a biomassa, que variam de 7,8 a 28,5 megawatts (MW) médios, enquanto para a usina Uruguaiana, a gás natural, a garantia ficou em 327,2 MW médios.

(Por Roberta Vilas Boas)