Barclays planeja sair de alguns mercados de commodities, afirma jornal

domingo, 20 de abril de 2014 17:53 BRT
 

20 Abr (Reuters) - O Barclays está planejando sair de alguns mercados de metais, agrícolas e de energia, repetindo movimentos rivais como JPMorgan Chase e Morgan Stanley no negócio de commodities, afirmou o Financial Times neste domingo.

O banco britânico deve anunciar as mudanças nesta terça-feira, que incluem cortes pesados ​​ao seu pessoal comércio de commodities global, informou o jornal.

O FT disse Barclays está fazendo o movimento porque as condições nos mercados de commodities têm sido desfavoráveis. As receitas caíram e os reguladores têm aumentado a fiscalização.

O Barclays não quis comentar.

O presidente-executivo do Barclays Antony Jenkins fez uma revisão do banco de investimento em resposta à pressão para reduzir custos e melhorar a rentabilidade.

Analistas esperam cortes em áreas como negócios com crédito, mercados emergentes, securitização, crédito estruturado e derivativos de ações. O banco já fez alguns cortes em commodities e está considerando vender seu negócio de índices. Na sexta-feira, o Barclays anunciou mudanças na equipe de gerenciamento de banco de investimento, incluindo um novo chefe de mercados.

(Reportagem de Emily Flitter)