Halliburton espera recuperação de margens na América do Norte

segunda-feira, 21 de abril de 2014 18:21 BRT
 

21 Abr (Reuters) - A Halliburton, uma das maiores prestadoras de serviços no setor petrolífero do mundo, espera que as margens melhorem na América do Norte depois de ter sido pressionada por dois anos, enquanto empresas aceleram gastos para perfurar poços.

As ações da Halliburton chegaram a subir 5 por cento, num recorde de alta, após a empresa prever um salto de 25 por cento no lucro no atual trimestre, em linha com as expectativas do mercado.

"Estou mais animado com a América do Norte agora do que já estive desde o final de 2011", disse o presidente-executivo da Halliburton, Dave Lesar, em teleconferência com analistas.

A Halliburton disse que espera aumentos nos ganhos além do segundo trimestre devido à recuperação na América do Norte e da atividade de perfuração forte nos mercados internacionais.

A empresa previu uma melhora de um dígito baixo a médio na receita em termos percentuais na América do Norte e disse que as margens voltariam aos níveis vistos pela última vez no segundo semestre de 2013.

O aumento esperado na atividade de perfuração onshore nos Estados Unidos iria mais do que compensar uma parada sazonal para a perfuração no Canadá na primavera, disse o vice-presidente financeiro Mark McCollum.

O lucro líquido atribuível da Halliburton foi de 622 milhões de dólares no primeiro trimestre, ou 0,73 dólares por ação, comparados com uma perda de 18 milhões de dólares, ou 0,02 dólar por ação, um ano antes.

Analistas em média esperavam lucros de 0,71 dólar por ação, de acordo com pesquisa da Thomson Reuters.

(Por Swetha Gopinath)