Volcafe reduz previsão da safra de café arábica do Brasil em 18%

terça-feira, 22 de abril de 2014 12:07 BRT
 

NOVA YORK, 22 Abr (Reuters) - A safra brasileira de café arábica 2014/15 deverá alcançar 28,4 milhões de sacas de 60 kg, redução de 18 por cento na comparação com a previsão anterior por conta do tempo seco e quente no início do ano, informou nesta terça-feira a Volcafe, divisão de café da trading de commodities ED&F Man.

"O clima sem precedentes afetou as safra 2014/15 e 2015/16", afirmou o relatório.

O café arábica negociado em Nova York subiu mais de 8 por cento após a divulgação da previsão, para nova máxima de dois anos, a 2,1570 dólares por libra-peso.

Às 12h03 (horário de Brasília), a commodity reduzia a alta, subindo 6,28 por cento.

O café arábica responde pela maior parte da produção brasileira do grão.

Já a safra total, incluindo o café robusta, foi prevista em 45,5 milhões de sacas de 60 kg, queda de 10 por cento na comparação com a projeção anterior.

A Volcafé, por outro lado, elevou sua estimativa para a safra de robusta, "devido à melhoria das expectativas de rendimento", para 17,1 milhões de sacas, contra 16,1 milhões de sacas anteriormente.

A empresa disse que projeta um déficit global de 11 milhões de sacas na temporada 14/15, após quatro anos de oferta excedente ou equilibrada.

"Mesmo no cenário mais otimista para a safra 2015/16 do Brasil, esperamos um segundo déficit consecutivo no mercado de café."

A Organização Internacional do Café (OIC) estimou em março um déficit de pelo menos 2 milhões de sacas.

(Por Marcy Nicholson)

 
Plantação de café é irrigada em uma fazenda do município de Santo Antônio do Jardim, em São Paulo. A safra brasileira de café em 2014/15 deverá alcançar 45,5 milhões de sacas de 60 kg, disse nesta terça-feira a Volcafe, divisão de café da trading de commodities ED&F Man. 7/02/2014. REUTERS/Paulo Whitaker