Estado indiano de Goa deverá retomar mineração de ferro em janeiro

terça-feira, 22 de abril de 2014 14:47 BRT
 

MUMBAI , 22 Abr (Reuters) - A atividade de mineração em Goa, maior Estado exportador de minério de ferro da Índia, provavelmente começará em janeiro próximo, uma vez que todas as empresas da região já obtiveram licenças ambientais do governo federal, disse uma fonte do governo estadual nesta terça-feira.

A Suprema Corte da Índia suspendeu na segunda-feira uma proibição de mineração no Estado que já durava 19 meses, embora ela ainda limite a produção anual de Goa a 20 milhões de toneladas.

Mais oferta de minério de Goa, que exporta quase toda a sua produção, provavelmente adicionará volumes a um esperado superávit mundial, colocando pressão sobre os preços.

A proibição foi imposta em 2012, como parte de um esforço do governo para conter a mineração ilegal. Ela foi suspensa após recomendação de um painel indicado pela Suprema Corte para acompanhar a indústria de mineração.

"A mineração não vai começar tão cedo... ela deve começar em algum momento em janeiro 2015 devido a processamento e outras formalidades", disse a fonte, que lida com a mineração no Estado.

"As mineradoras ainda terão que cumprir determinações relacionadas a florestas e ao meio ambiente."

O reinício da atividade de mineração também será adiado por quatro meses por conta da estação chuvosa das monções, que começa em junho, disse ele.

A proibição da produção e das exportações em Goa, juntamente com restrições semelhantes impostas no Estado vizinho de Karnataka, cortaram as exportações de minério de ferro da Índia em 85 por cento, ou 100 milhões de toneladas, ao longo dos últimos dois anos.

A Índia já foi o terceiro maior exportador de minério de ferro, mas agora caiu para a décima posição.   Continuação...