Lançamentos da Gafisa crescem 172% no 1o tri; venda de estoques predomina

terça-feira, 22 de abril de 2014 21:31 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 22 Abr (Reuters) - A incorporadora Gafisa teve lançamentos de 535,4 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 172 por cento em comparação com o mesmo período de 2013, mas a maioria das vendas no período ainda foi representada pela redução de estoques.

As vendas contratadas foram de 239,3 milhões de reais, expansão de 122 por cento, na mesma base de comparação. Do total, 24 por cento foram representadas por lançamentos e 76 por cento por estoques.

No segmento Gafisa, voltado para a média e alta rendas, as vendas brutas foram de 267,9 milhões de reais. Os cancelamentos de contratos foram de 80,4 milhões, queda anual de 58 por cento.

Desconsiderando os distratos, as vendas líquidas foram de 187,5 milhões, alta de 85 por cento.

Os distratos da Tenda (baixa renda) caíram 17 por cento, para 193,2 milhões e as vendas líquidas neste segmento atingiram 51,8 milhões de reais.

Segundo a empresa, 80 por cento dos cancelamentos nesta segmento são de projetos antigos. O elevado número de entregas no período e alteração na política de financiamento motivaram os distratos, acrescentou a empresa.

No primeiro trimestre, o estoque consolidado a valor de mercado da empresa aumentou em 233 milhões de reais, alcançando 2,9 bilhões. O total de cancelamentos de contratos do período foi de 273,6 milhões de reais.

No trimestre, foram lançados sete projetos ou fases em quatro Estados. Em termos de valor geral de vendas (VGV), Gafisa foi responsável por 66 por cento dos lançamentos do período e a Tenda pelos 34 por cento restantes.

Os lançamentos de Gafisa subiram 326 por cento ano a ano, a 353,9 milhões de reais. Na Tenda, houve alta de 60 por cento, para 181,4 milhões de reais.

O volume total lançado pela companhia representa 23,2 por cento do ponto médio da projeção de lançamentos, no intervalo de 2,1 bilhões a 2,5 bilhões de reais.

(Por Juliana Schincariol; Edição de Luciana Bruno)