Venda de material de construção no Brasil recua 3,9% em março ante 2013

quarta-feira, 23 de abril de 2014 08:12 BRT
 

Por Juliana Schincariol

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas de materiais de construção caíram 3,9 por cento em março em relação ao mesmo período de 2013 e a Abramat, associação que representa o setor, já estuda revisar suas estimativas de crescimento para o ano.

Entre janeiro e março, o faturamento do setor subiu 0,9 por cento em relação ao primeiro trimestre do ano passado e a expectativa atual da associação para o ano é de uma alta de 4,5 por cento.

"Com o resultado do trimestre, está em curso uma análise interna sobre a manutenção da atual previsão para o ano", disse o presidente da Abramat, Walter Cover, em nota.

O resultado mensal foi afetado pelo menor número de dias úteis, disse a associação. Em comparação com fevereiro, as vendas em março cresceram 3,2 por cento.

Considerando os materiais básicos, o segmento recuou 6,5 por cento no mês passado na comparação com 2013. Entre janeiro e março as vendas diminuíram 0,9 por cento.

Já as vendas dos materiais de acabamento apresentaram queda de 0,4 por cento em março, mas subiram 3,5 por cento no trimestre.

NÍVEL DE EMPREGO

O nível de emprego na indústria de materiais de construção, subiu 4,5 por cento em março, na comparação anual. Em relação a fevereiro o nível ficou praticamente estável, com leve alta de 0,3 por cento.

Na indústria de materiais básicos o aumento foi 6,4 por cento ano a ano, com estabilidade frente a fevereiro. Nos materiais de acabamento o nível de emprego subiu 1,6 por cento na comparação anual e 0,9 por cento na mensal.