Ações chinesas caem em dia de fraqueza de negócios na Ásia

quarta-feira, 23 de abril de 2014 08:17 BRT
 

Por Wayne Cole e Vidya Ranganathan

CINGAPURA, 23 Abr (Reuters) - Os mercados acionários da China recuaram novamente nesta quarta-feira após a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) mostrar que a atividade industrial da segunda maior economia do mundo ainda mostrava contração em abril e com vendas generalizadas em telecomunicações.

No geral, porém, a negociação na maioria dos mercados asiáticos permaneceu surpreendentemente fraca, com o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão registrando queda de 0,39 por cento às 8h04 (horário de Brasília).

As sérias notícias econômicas da China surgiram na sequência de ganhos movidos por fusões em Wall Street e na Europa na terça-feira.

Investidores que esperavam que o PMI do HSBC da China para abril mostrasse alguma estabilização na economia em desaceleração ficaram aliviados quando a pesquisa registrou 48,3, ainda em território de contração mas levemente acima do número de março.

Ainda assim, ambos os índices de Xangai e o de Empresas da China, que reúne as principais empresas chinesas listadas em Hong Kong, recuaram, respectivamente 0,26 por cento e 1,25 por cento. Os índices foram afetados por uma venda generalizada das ações de telecomunicação depois que a maior operadora de telefonia da China continental, a China Mobile, divulgou sua terceira queda trimestral no lucro.