Lucro da Duratex sobe 8,3% no 1º tri, mas custos pressionam

quarta-feira, 23 de abril de 2014 09:00 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Duratex teve alta de 8,3 por cento no lucro líquido do primeiro trimestre ante igual período de 2013, apesar de aumento nos custos terem pressionado resultados operacionais da companhia, informou o grupo fabricante de painéis de madeira e artigos sanitários nesta quarta-feira.

O lucro líquido da companhia controlada pela holding do Itaúsa totalizou 161,23 milhões de reais entre janeiro e março deste ano ante 148,9 milhões em igual período de 2013.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de 346,5 milhões de reais, uma leve alta de 0,3 por cento sobre o primeiro trimestre de 2013. O número marcou o segundo melhor resultado para um primeiro trimestre, perdendo apenas para os três primeiros meses do ano passado, quando a empresa elevou preços "por conta de um mercado atipicamente aquecido".

O lucro líquido foi ajudado por aumento no valor de florestas da companhia e por redução de alíquota de imposto de renda, "com efeito positivo no resultado de 40 milhões de reais", informou a Duratex.

No primeiro trimestre, a empresa elevou em 20 por cento as despesas com vendas, sobre um ano antes, enquanto as despesas gerais e administrativas avançaram 3,8 por cento.

A receita líquida consolidada avançou 7,5 por cento, para 929,6 milhões de reais.

O volume vendido de painéis teve alta de 3,3 por cento na mesma base de comparação, enquanto as peças da divisão de louças e metais sanitários Deca avançaram 7,97 por cento.

(Por Roberta Vilas Boas)