Mantega diz que comércio exterior vai se recuperar a partir de 2014

quarta-feira, 23 de abril de 2014 14:21 BRT
 

BRASÍLIA, 23 Abr (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira que espera recuperação do comércio externo do Brasil a partir deste ano, com o arrefecimento da crise internacional.

Mantega participou de evento de lançamento do Portal Único de Comércio Exterior que, segundo ele, vai reduzir pela metade o atual prazo burocrático das exportações, hoje em 13 dias.

Já o prazo das importações cairá a 10 dias, frente aos 17 dias atualmente. O novo sistema unifica aqueles dos órgãos envolvidos nas operações de comércio exterior, permitindo que as empresas apresentem as informações uma única vez aos órgãos federais.

A redução nos prazos de desembaraço das exportações e importações ocorrerá gradualmente com previsão do governo de diminuição plena somente em 2017.

Nas contas do governo, a eliminação da burocracia resultará em ganho anual estimado em 50 bilhões de reais devido à simplificação, eliminação de exigências e apresentação de um documento único por parte das empresas exportadoras e importadoras a um conjunto de 16 órgãos federais envolvidos nas operações de comércio exterior.

O cálculo da redução de custos para as empresas com a diminuição dos prazos de desembaraço das cargas leva em conta a corrente de comércio exterior do Brasil, de cerca de 480 bilhões de dólares, e o menor tempo de retenção das mercadorias nas aduanas brasileiras.

(Reportagem de Luciana Otoni)