GM diz ter distribuído milhares de kits para reparar ignições defeituosas

quarta-feira, 23 de abril de 2014 16:43 BRT
 

DETROIT, 23 Abr (Reuters) - A General Motors disse nesta quarta-feira que distribuiu "milhares" de kits necessários para reparar chaves de ignição defeituosas ligadas a pelo menos 13 mortes.

A maior montadora dos Estados Unidos também disse que cartas foram enviadas na semana passada para cerca de 1,4 milhão de proprietários de modelos 2003-2007, alertando-os a contatar revendedores para agendar sessões de reparo, que devem levar cerca de 90 minutos. Revendedores já confirmaram ter recebido os componentes e disseram que estão fazendo os consertos.

As atuais chaves de ignição podem fazer os motores dos veículos pararem de operar sem aviso, impedindo a abertura de airbags e o correto funcionamento da direção hidráulica e freios.

A GM está sendo investigada por reguladores de segurança dos EUA, pelo Congresso e pelo Departamento de Justiça norte-americano sobre o motivo de não ter identificado o defeito em mais de uma década.

A GM disse nesta quarta que os proprietários de modelos 2008-2011 sujeitos ao recall, que afetou 2,6 milhões de veículos, receberão uma carta no início de maio confirmando sua inclusão no procedimento. Outra carta será enviada em seguida para alertá-los sobre quando os componentes estarão disponíveis.

A companhia não divulgou mais detalhes sobre quantos componentes foram distribuídos, mas afirmou que os kits contêm chaves de ignição, cilindros de ignição e conjuntos de chaves.

(Reportagem de Ben Klayman)