Bradesco tem lucro melhor que o esperado no 1o tri

quinta-feira, 24 de abril de 2014 07:57 BRT
 

SÃO PAULO, 24 Abr (Reuters) - O Bradesco abriu nesta quinta-feira a temporada de divulgação de balanços de bancos anunciando lucro líquido de 3,44 bilhões de reais no primeiro trimestre, alta de 18 por cento ante o resultado positivo de igual período de 2013.

Em bases recorrentes, o lucro do segundo maior banco privado do país somou 3,47 bilhões de reais no período, avanço também de 18 por cento na comparação anual.

A previsão média de seis analistas consultados pela Reuters apontava que o banco teria lucro recorrente de 3,38 bilhões de reais.

No fim de março, a carteira de crédito do Bradesco somava cerca de 432,3 bilhões de reais, avanço anual de 10,4 por cento. Destaques na área de pessoa física foram recuo de 13,6 por cento nos financiamentos para veículos e altas de 25,2 por cento na carteira de crédito consignado e de 36,5 por cento no financiamento imobiliário, mantendo preferência do banco pelo foco em linhas de menor risco.

O índice de inadimplência, medido pelo saldo de operações vencidas com mais de 90 dias, foi de 3,4 por cento, ante 3,5 por cento no fim de 2013 e 4 por cento um ano antes.

As despesas com provisões para perdas com calotes foram de 2,86 bilhões de reais no primeiro quarto do ano, queda de 3,4 por cento na base sequencial e de 8 por cento no ano a ano.

A margem financeira com juros somou 10,95 bilhões de reais, aumento anual de 4,2 por cento, mas recuo de 0,3 por cento sobre os três últimos meses de 2013, indicando dificuldade no repasse de juros maiores.

As receitas com prestação de serviços foram de 5,28 bilhões de reais, expansão de cerca de 15 por cento sobre o primeiro trimestre do ano passado.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Marcela Ayres)