Bradesco promete ser competitivo em juros para acelerar crédito

quinta-feira, 24 de abril de 2014 15:57 BRT
 

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco sinalizou nesta quinta-feira que usará taxas competitivas de juros na concessão de crédito após um crescimento modesto da carteira no primeiro trimestre ocorrido em um cenário de desaceleração da economia doméstica.

No primeiro trimestre, a carteira de financiamentos do banco cresceu 10,4 por cento, quase no piso do intervalo previsto para 2014, de entre 10 e 14 por cento.

"Houve uma recuperação (no crédito) a partir de março e acreditamos que isso se prolongue nos próximos trimestres", disse o presidente-executivo do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, em teleconferência com jornalistas.

"Prevemos que ao longo do ano evoluamos para o centro da margem prevista", adicionou o diretor executivo Luiz Carlos Angelotti, afirmando que o banco vai oferecer taxas competitivas, mas sem dar detalhes.

Por outro lado, os executivos também previram melhora da margem financeira com juros, cujo crescimento anual foi de 4,2 por cento no trimestre ante meta fixada de 6 a 10 por cento para 2014.

Os objetivos aparentemente contraditórios expõem o desafio dos bancos privados de equilibrar rentabilidade e crescimento diante de rivalidade com os bancos estatais.

Após seguidas elevações dos juros pelo Banco Central desde o ano passado para conter a inflação, a taxa básica da economia está em 11 por cento ao ano. Em outra frente, a pesquisa Focus do BC com instituições financeiras mostrou nesta semana piora na previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2014. De dezembro para cá, a previsão de alta caiu de 2 para cerca de 1,6 por cento.

Na ponta positiva, o Bradesco viu seu índice de inadimplência cair a 3,4 por cento, o menor nível em cinco anos. O banco também viu queda das despesas administrativas, o que ajudou na alta de 18 por cento no lucro de janeiro a março. O lucro recorrente também veio pouco acima da média das previsões do mercado.   Continuação...