Lucro da Cia Hering recua no 1o tri; dificuldades deverão permanecer

quinta-feira, 24 de abril de 2014 20:05 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 24 Abr (Reuters) - O lucro líquido da Cia Hering no primeiro trimestre foi pressionado em um início de ano desafiador, com vendas mais fracas, e as dificuldades deverão permanecer até o final do semestre.

Entre janeiro e março, a varejista teve lucro de 64,6 milhões de reais, um recuo de 6,9 por cento na comparação anual. A média dos analistas consultados pela Reuters esperava lucro de 67,7 milhões.

"A gente já vinha falando no final do ano passado que o primeiro semestre do ano seria bem difícil. Acabou sendo um pouco mais difícil do que a gente esperava", disse à Reuters o diretor financeiro e de relações com investidores da Cia Hering, Frederico Oldani.

Segundo a companhia, o crescimento das vendas brutas mais lento por mais um trimestre refletiu a cautela em relação ao ambiente macroeconômico e o "efeito adverso" da Copa do Mundo sobre o varejo de vestuário.

"A gente espera que o segundo trimestre ainda seja negativamente afetado e acha que pode ter volatilidade principalmente nas vendas em lojas. Ainda não está claro quantos dias de vendas serão perdidos (por causa da Copa)", disse Oldani.

A coleção de outono e inverno tem um preço médio mais alto, mas os canais de vendas da Hering, como franqueados, estão preocupados em não estocar muito para o período, acrescentou o executivo.

Segundo a Cia Hering, o crescimento de vendas entre abril e junho ainda não deve refletir o potencial de crescimento de sua marcas e as melhorias implementadas na gestão do negócio a partir da nova estrutura organizacional.

Entre janeiro e março, a receita bruta da empresa subiu 2,7 por cento, para 466,7 milhões de reais. Na venda para o consumidor final, as lojas próprias registraram queda de 4,5 por cento nas vendas, disse a Cia Hering.

Já nas lojas online, as vendas apresentaram retração de 7,1 por cento. "O canal, que apresentou acelerada taxa de crescimento nos últimos anos, atingiu seu limite operacional a partir do segundo semestre de 2013, impossibilitando esforços da companhia para a expansão das vendas no curto prazo", disse a empresa, em seu relatório de resultados.   Continuação...