Preço de oferta da Oi deve ficar no piso; demanda é alta

segunda-feira, 28 de abril de 2014 16:00 BRT
 

Por Joan Magee e Guillermo Parra-Bernal

NOVA YORK/SÃO PAULO, 28 Abr (Reuters) - A operadora de telecomunicações Oi ficou nesta segunda-feira mais perto de sua planejada fusão com a Portugal Telecom, enquanto a demanda dos investidores foi mais do que suficiente para a oferta de ações, que deve levantar ao menos 8 bilhões de reais, disseram fontes à Reuters.

O lote inicial envolve 5,75 bilhões de ações e o volume de papéis na operação pode alcançar até 7,75 bilhões com os lotes suplementar e adicional. De acordo com duas fontes com conhecimento direto da operação, as ações preferenciais da Oi devem ser precificadas em torno de 2 reais, ou no piso da faixa indicativa 2,00 a 2,30 reais.

Até agora, a demanda de investidores atingiu 10 bilhões de reais, disseram as fontes, que pediram para não ser identificadas porque a operação ainda está em andamento. A oferta está marcada para ser precificada ainda nesta segunda-feira, de acordo com o prospecto divulgado em 3 de abril.

As ações preferenciais da operadora caíam 4,78 por cento, para 2,39 reais, às 15h50, enquanto as ações ordinárias caíam 2,37 por cento, para 2,47 reais. Bancos estimam que a Oi precisa levantar ao menos 8 bilhões de reais para reduzir adequadamente sua dívida.

A Oi pretende usar os recursos para capitalizar a CorpCo, a empresa resultante da fusão com a Portugal Telecom.

Executivos da Oi e da Portugal Telecom dizem que a CorpCo terá mais força para competir no Brasil com grandes rivais como a Vivo, da espanhola Telefónica, a TIM, da Telecom Italia, e a Claro, da mexicana América Móvil.

Sob os termos do acordo, a Portugal Telecom irá contribuir com seus ativos, excluindo sua fatia na Oi, e irá deter 38 por cento da nova companhia. Os acionistas da Oi, excluindo a participação da empresa portuguesa, terão 30 por cento da CorpCo e outros investidores como o BTG Pactual e alguns fundos de pensão brasileiros ficarão com o restante.

Cada ação ordinária da Oi será trocada por uma ação da CorpCo e cada ação preferencial da Oi será trocada por 0,9211 papel da CorpCo.   Continuação...