Ações asiáticas têm dificuldade e iene sobe após BC do Japão se manter otimista

quarta-feira, 30 de abril de 2014 07:43 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO, 30 Abr (Reuters) - As ações asiáticas enfrentaram dificuldades nesta quarta-feira, enquanto que o iene se fortaleceu para máximas da sessão depois que as mais recentes projeções econômicas do banco central do Japão indicaram que não há estímulos adicionais no horizonte de curto prazo.

No geral, a cautela reinou antes do resultado da reunião de política do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, nesta quarta-feira e de dados importantes de empregos nos EUA que serão divulgados na sexta-feira, além de um cenário de continuidade da tensão na Ucrânia.

Às 7h38 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,5 por cento, anulando ganhos anteriores mas ainda caminhando para uma alta mensal de cerca de 1 por cento.

O índice japonês Nikkei fechou bem longe das máximas da sessão, com alta de 0,1 por cento no pregão mas registrando queda de 3,5 por cento em abril.

Como esperado, o BC do Japão decidiu por unanimidade manter sua política monetária, e mostrou sua convicção de que a inflação rumará de modo firme à meta de 2 por cento à medida que uma modesta recuperação econômica continua.