Consórcio brasileiro e espanhol ganha concessão de porto no Peru

quarta-feira, 30 de abril de 2014 21:04 BRT
 

LIMA, 30 Abr (Reuters) - Um consórcio formado por empresas do Brasil e da Espanha ganhou uma concessão para construir e operar um porto no sul do Peru com um investimento de até 182,4 milhões de dólares, anunciou o governo peruano nesta quarta-feira.

A Proinversión, encarregada de promover o investimento no país, detalhou que o consórcio é formado pelas empresas brasileiras Pattac Empreendimentos e Participações, Tucumán Engenharia e Empreendimentos e Fortesolo Serviços Integrados, além da espanhola Servinoga como "sócia estratégica" do grupo.

O chamado Consórcio Paracas deverá construir e operar por até 30 anos o Terminal Portuário General San Martín, localizado em Pisco, 250 quilômetros ao sul de Lima.

A construção implica um investimento mínimo de 102,4 milhões de dólares, sem incluir impostos, e um investimento complementar de 80 milhões de dólares, de acordo com a Proinversión.

(Reportagem de Marco Aquino)