SEC investiga apostas de fundos de hedge na Herbalife

sexta-feira, 2 de maio de 2014 11:25 BRT
 

BOSTON, 2 Mai (Reuters) - A Securities and Exchange Commission (SEC) está investigando se alguns fundos de hedge podem ter agido inapropriadamente quando fizeram apostas sobre a companhia de nutrição e perda de peso Herbalife no ano passado, disse uma fonte.

O regulador está analisando se investidores podem ter manipulado o mercado ou se não divulgaram adequadamente que trabalhavam como grupo ao se alinharem contra a aposta a descoberto do investidor bilionário William Ackman contra a companhia, disse a pessoa familiarizada com a investigação, mas que não pode falar dela publicamente.

Um porta-voz da SEC não pôde ser encontrado de imediato para comentar. Um representante da Herbalife não quis comentar.

A notícia foi divulgada primeiro pelo New York Times.

Ackman anunciou publicamente em dezembro de 2012 que seu fundo de 13,6 bilhões de dólares, o Pershing Square Capital Management, fez uma aposta a descoberto de 1 bilhão de dólares, alegando que a Herbalife estava administrando um esquema de pirâmide e que o preço das ações eventualmente cairão a zero.

A SEC, a Comissão Federal de Comércio, diversos promotores estaduais e o FBI estão investigando estas alegações.

Uma porta-voz da Pershing Square não respondeu de imediato um pedido por comentários.

A Herbalife tem negado veementemente que administra um negócio onde membros ganham mais dinheiro ao recrutar outros participantes para o esquema do que com a venda de produtos para consumidores de varejo.

Mas a SEC está buscando informações sobre quais administradores de fundos de hedge participaram de um jantar no ano passado e o que foi falado sobre a Herbalife, pouco antes de um grupo de fundos comprar posições longas na companhia. Ninguém foi acusado de conduta imprópria.

(Por Svea Herbst-Bayliss)