Soja ajuda balança comercial, mas saldo é limitado por importações elevadas

sexta-feira, 2 de maio de 2014 18:35 BRT
 

Por Luciana Otoni

BRASÍLIA, 2 Mai (Reuters) - A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de 506 milhões de dólares, segundo resultado positivo no ano, influenciado pelos embarques de soja, mas ainda limitado por importações em nível elevado, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior nesta sexta-feira.

O resultado veio acima do esperado pela mediana dos especialistas consultados pela Reuters, com projeção de superávit de 250 milhões de dólares.

O secretário de Comércio Exterior da pasta, Daniel Godinho, disse que o resultado de abril foi influenciado pelas vendas de produtos básicos, sobretudo o início dos embarques de soja da safra de 2014.

"Nunca exportamos tanta soja", disse Daniel Godinho ao se referir ao volume recorde de embarques do grão de 8,3 milhões de toneladas em abril.

No mês passado, as exportações somaram 19,724 bilhões de dólares, 5,2 por cento superior pela média diária às vendas ocorridas em igual período do ano passado e 6,3 por cento maior sobre março deste ano. Somente os embarques de soja atingiram 4,1 bilhões de dólares.

Já as importações atingiram 19,218 bilhões de dólares, 2,22 por cento inferior a abril de 2013 e 4,2 por cento superior a março, na comparação pela média diária e puxadas pelas maiores aquisições no exterior de máquinas e equipamentos.

Nos primeiros quatro meses do ano, as exportações somaram 69,312 bilhões de dólares, com queda de 1,8 por cento sobre igual período do ano passado pela média diária das operações.

As vendas ao exterior estão se recuperando lentamente em relação ao esperado devido aos menores preços das commodities no mercado internacional e pela queda das vendas de produtos manufaturados e semimanufaturados, segmentos que não conseguem aproveitar a melhora do patamar de câmbio em 2014 em relação a anos anteriores.   Continuação...