Temores sobre Ucrânia ofuscam otimismo com emprego e ações dos EUA caem

sexta-feira, 2 de maio de 2014 18:07 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 2 Mai (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta sexta-feira, uma vez que preocupações com a possibilidade de mais violência na Ucrânia provocaram realização de lucros antes do fim de semana, ofuscando o otimismo com o relatório de emprego do país.

O índice Dow Jones recuou 0,28 por cento, para 16.512 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,13 por cento, para 1.881 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,09 por cento, para 4.123 pontos.

Na semana, o Dow Jones e o S&P acumularam alta de 0,9 por cento, enquanto o Nasdaq avançou 1,2 por cento.

Os papéis de empresas do setor de saúde ficaram entre as principais quedas do S&P 500, incluindo a fabricante de medicamentos Pfizer Inc, que recuou 1,3 por cento, para 30,75 dólares, após a britânica AstraZeneca Plc rejeitar sua proposta de aquisição.

Acrescentou pressão ao mercado a informação de que mais de 40 pessoas foram mortas na cidade ucraniana de Odessa, na maior violência no porto do Mar Negro desde que o presidente Viktor Yanukovich foi retirado do poder em fevereiro.

"A tensão geopolítica voltou para o mercado. Estamos chegando ao fim de semana e os eventos podem se desdobrar. Então você tem que embolsar os lucros", afirmou o estrategista de mercado da Prudential Financial Quincy Krosby.

Antes da abertura dos negócios, dados mostraram que a criação de postos de trabalho nos EUA em abril aumentou no ritmo mais rápido em mais de dois anos, sugerindo forte recuperação da atividade econômica. Mas o dado foi ofuscado por uma forte alta no número de pessoas saindo da força de trabalho.