Aneel aprova reajuste médio de 16,86% nas tarifas da CNEE, do grupo Energisa

terça-feira, 6 de maio de 2014 10:39 BRT
 

BRASÍLIA, 6 Mai (Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira a aplicação, a partir de 10 de maio, de reajuste médio de 16,86 por cento nas tarifas da distribuidora paulista Companhia Nacional de Energia Elétrica (CNEE), do grupo Energisa.

Para os consumidores de baixa tensão, como as residências, o aumento médio será de 16,93 por cento, e para os de alta tensão, como as indústrias, de 16,64 por cento.

A empresa atende cerca de 105 mil unidades de consumo no interior paulista na região de Novo Horizonte e Catanduva.

(Por Leonardo Goy)