BR Malls tem lucro menor no 1º tri, mas mantém otimismo para 2014

terça-feira, 6 de maio de 2014 21:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 6 Mai (Reuters) - A BR Malls viu seu lucro cair e a receita desacelerar no primeiro trimestre na comparação anual, mas manteve a previsão otimista para o desempenho em 2014.

O lucro líquido foi de 53,7 milhões de reais entre janeiro e março, queda de 9,5 por cento ante o mesmo período do ano passado.

O resultado teve impacto da provisão de imposto de renda não caixa da reversão de depreciação e amortização fiscal, reconhecido antecipadamente neste trimestre, disse a BR Malls nesta terça-feira.

A receita líquida avançou 11,2 por cento, a 322,4 milhões de reais. No primeiro trimestre de 2013, a receita da companhia foi de 290 milhões de reais, um avanço de 19,1 por cento sobre 2012.

Apesar da desaceleração, o resultado ficou acima do esperado. A média das estimativas obtidas pela Reuters apontava para um avanço da receita de 8,7 por cento entre janeiro e março na comparação com o ano anterior.

O Ebtida (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado subiu 14,4 por cento na mesma base de comparação, a 254,3 milhões de reais.

"Mantemos o otimismo com o nosso desempenho para o ano de 2014, mesmo com as incertezas geradas pelos grandes eventos que teremos no ano", disse a companhia em seu relatório de resultados.

A BR Malls também informou que vendeu suas fatias nos shoppings Metrô Tatuapé (SP), Pátio Belém (PA) e Big Shopping (MG), além de fatia de 49 por cento de sua participação no Ilha Plaza Shopping (RJ). As vendas corresponderam a 16,6 mil metros quadrados de Área Bruta Local (ABL) própria e totalizaram 198,7 milhões de reais.

As operações fazem parte da estratégia da companhia de se desfazer de ativos em que possui participação minoritária e não administra.

(Por Juliana Schincariol; Edição de Luciana Bruno)